Instituição

Fachada do CEM São Luiz
"Oferecer educação em tempo integral e com qualidade", esta é a missão do Centro Educacional Municipal São Luiz e dos profissionais que dele fazem parte. Inspirados nos princípios da liberdade, da cidadania, da ética e do desenvolvimento social e educacional dos seus educandos que tem por finalidade promover o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

A partir de 2012 o Centro Educacional Municipal São Luiz iniciou suas atividades em período de tempo integral para os 1º, 2º e 3º anos iniciais do Ensino Fundamental. Esta ação da Secretária de Educação de São José vai de encontro com a meta do Governo Federal e Ministério da Educação de alcançar 50% das instituições públicas de ensino em tempo integral até 2020. Por sua vez o Plano Nacional de Educação, em 2001, tem como um de seus objetivos e metas o aumento de pelo menos 7 horas diárias na jornada educacional.

Oficina de Artes do
Programa Mais Educação
Uma das iniciativas para a transição ao tempo integral é o Programa Mais Educação que atende os estudantes em contra-turno com oficinas de português, artes, horta e esportes coletivos. De acordo com Suzana Moreira Pacheco (2008: 4), em "Salto para o Futuro, Educação Integral":

O  Programa  Mais  Educação preconiza  a  Educação  Integral  de  crianças,  adolescentes  e
jovens, por meio de atividades articuladas ao projeto de aprendizagem desenvolvido pela escola, como as relacionadas com educação ambiental, esportes, cultura e lazer, congregando ações  conjuntas  entre  o  Ministério  da  Educação  (MEC),  Ministério  da  Cultura  (MinC), Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Esporte (ME), Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Ministério do Meio Ambiente (MMA) e Presidência da República (PR).

Além disso o Centro Educacional Municipal São Luiz vem promovendo a formação de seu corpo docente em reuniões pedagógicas e formações continuadas promovidas pela Secretaria de Educação de São José, atendendo dessa forma as recomendações do Ministério da Educação (2009: 6) apresentadas no "Texto referência para o debate nacional"

A Educação Integral exige mais do que compromissos: impõe também e principalmente projeto pedagógico, formação de seus agentes, infraestrutura e meios para sua implantação. Ela será o resultado dessas condições de partida e daquilo que for criado e construído em cada escola, em cada rede de ensino, com a participação dos educadores, educandos e das comunidades que podem e devem contribuir para ampliar os tempos e os espaços de formação de nossas crianças, adolescentes e jovens na perspectiva de que o acesso à educação pública seja complementado pelos processos de permanência e aprendizagem.
Projeto Contação de Histórias
Centro Educacional Municipal São Luiz também promove projetos e atividades que visam a integração com a comunidade e da família na instituição. Assim calcamos nossa forma de ensinar próxima da família, nossos principais parceiros.


Para saber mais:
COELHO, Lígia Martha C. da Costa. História(s) da educação integral. Em Aberto, Brasília, v. 22, n. 80, p. 83-96, abr. 2009.


Congresso Nacional. Câmara dos Deputados. Plano Nacional de Educação. 2000.

Ministério da Educação. Série Mais Educação - Educação Integral. Texto referência para o debate nacional. Brasília, 2009.

Ministério da Educação. Portal MEC Educação.

TV Escola. Salto para o Futuro: Educação Integral. Ano XVIII boletim 13 - Agosto de 2008.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário

Postar um comentário